doar óvulos com laquecao de trompas chica

Doar óvulos com Laqueação de Trompas

A doação de óvulos é um ato de solidariedade no qual mulheres férteis passam por um procedimento para ajudar outras pessoas a realizarem o seu sonho de serem mães. São muitas as dúvidas que esse processo suscita, tanto a dadoras como às recetoras: qual é o processo? Quais as características que as dadoras devem ter? Os óvulos podem ser doados com laqueação de trompas? É uma longa lista de dúvidas.

Tenho uma laqueação de trompas, posso doar óvulos?

Podes doar óvulos com laqueação de trompas, assim como é possível fazê-lo com outros métodos contracetivos, como o DIU, que nem é sequer necessário remover; ou a pílula, embora seja verdade que neste último caso seja necessário parar de a tomar um mês antes do início do tratamento.

O que é uma laqueação de trompas?

A laqueação de trompas, também conhecida como laqueadura, é uma intervenção cirúrgica na qual as trompas de Falópio são fechadas. As trompas são responsáveis por capturar o óvulo que sai do ovário durante a ovulação.

Como é o processo de laqueação de trompas?

É dentro da trompa que o óvulo é fertilizado e por onde o embrião em desenvolvimento viaja para o útero, que se procede ao seu fecho, impedindo que o esperma chegue ao óvulo e, consequentemente, que a mulher possa engravidar. Sugere-se que a laqueação de trompas seja realizada numa sala de cirurgia e seja utilizada anestesia, que pode ser geral ou local, dependendo do caso. O procedimento dura cerca de meia hora.

No entanto, impedir a passagem dos óvulos para o útero não impede que ela ocorra nos ovários, por isso é perfeitamente compatível com a doação. Os óvulos podem ser doados com laqueação de trompas, pois, embora o caminho para o útero seja cortado, eles continuam a ser produzidos.

Por outro lado, se a mulher quiser engravidar e tiver uma laqueação de trompas, ela também poderá fazê-lo através de técnicas de procriação medicamente assistida.

doar ovulos com laqueacao de trompas chica

Outras dúvidas que a doação suscita…

As dadoras

Quanto aos requisitos para as dadoras, elas têm de ter entre 18 e 35 anos e ser saudáveis, tanto psíquica como fisicamente.

Por outro lado, o número máximo de filhos que podem ter, contando com os seus próprios filhos e os nascidos através dos seus óvulos, é seis. O objetivo desta medida é limitar os problemas de consanguinidade.

Além disso, embora seja um processo solidário, a Lei estipula que as mulheres dadoras devem receber uma compensação financeira, dada a inconveniência causada pelo processo.

É um processo simples, que consiste na estimulação hormonal dos ovários, via injeções subcutâneas, e uma pequena intervenção na sala de operações para extrair os ovócitos através de uma punção. É um processo indolor, embora possa haver algum desconforto, ainda que mínimo, semelhante a um síndrome pré-menstrual, se houver, sequer.

Queres doar óvulos?



Doação de óvulos e fertilidade 

Outra das dúvidas que a doação de óvulos suscita é se afeta a fertilidade. A resposta é não. Em cada ciclo, as mulheres colocam em funcionamento um bom número de óvulos, dos quais apenas um se desenvolve e amadurece completamente, que é o que finalmente ovula (sai do ovário para entrar na trompa de Falópio) e espera ser fertilizado.

Para doar óvulos, as dadoras passam por um tratamento hormonal, o que faz com que mais óvulos se desenvolvam e amadureçam, ao contrário do ciclo natural.

Nas clínicas IVI Doa faremos um exame completo para verificar a tua saúde sexual, ou seja, antes de iniciar o tratamento é realizado um exame ginecológico exaustivo, que permite detetar problemas que não seriam detetados de outra forma.

Doar óvulos é um gesto solidário que deixará dadoras e outras mulheres repletas de felicidade, já que se tornarão mãe graças a elas. É um processo simples e compatível com métodos contracetivos, como a laqueação de trompas. Se tiveres mais dúvidas, não hesites em contactar-nos.