Inês, dadora

A minha família apoia-me.

É um passo fácil e simples.
Ouvi uma amiga dizer que havia sido dadora e que não era complicado. Nesse momento entusiasmei-me e procurei a melhor clínica para o fazer, porque a segurança de estar em boas mãos era o principal para mim. Assim foi como encontrei o IVI. A verdade é que te tratam muito bem: os médicos confiam em ti, não sentes dor, explicam-te todos os procedimentos que vão realizar e, no fim, tudo acontece como haviam dito. Voltaria a doar no IVI.

(*) Fotografias não reais para preservar o anonimato da dadora

Também te pode interessar