amar engorda portada

Estar apaixonado está engordando?

O amor a dois engorda?

De acordo com um estudo desenvolvido pela XLS Medical e pela Sociedade Espanhola para o Estudo da Obesidade, quando vivemos em casal, podemos ganhar entre 4 e 5 quilos extra. No entanto, a questão não termina aí… É que o nosso peso corporal varia consoante a etapa do nosso relacionamento. Este estudo foi desenvolvido numa amostra de 2314 pessoas, das quais 99% eram mulheres.

O que é que, exatamente, nos faz engordar quando estamos numa relação?

Amor a dois

Os hábitos mudam quando estamos num relacionamento. De certa forma tornamo-nos pessoas mais sedentárias, algo que também afeta a aparência física. Além disso, os lanches entre as refeições tendem a ser mais frequentes, assim como os casais jantarem em grande estilo. É por isso que recomendamos estas dicas para manter o teu peso ideal para muito apaixonada que estejas 😉

No entanto, quando estamos solteiros, tendemos a levar uma vida social muito mais ativa. Isso força-nos a mover mais do que quando mantemos um relacionamento. Dentro de um relacionamento, existem três fatores muito importantes e que afetam diretamente o búmero que vemos na balança.

1- Fase da relação

Quando nos apaixonamos, entramos num período de adaptação. Isso também se reflete nos hábitos alimentares e tendemos a comer mais regularmente. E quando não temos um parceiro, preocupamo-nos mais com a nossa aparência e temos melhor noção dos quilos a mais.

No entanto, quando entramos num relacionamento estável, mudamos as nossas prioridades emocionais e, portanto, não prestamos tanta atenção ao nosso peso.

Quando vivemos juntos como um casal, a hora da refeição é uma maneira de socializar e aumentar a confiança dentro do casal. A coisa mais normal é que a comida se torne num momento de casal. Costumamos comer como casal em todas as ocasiões e vai sendo criando um hábito. No final, o que tentamos é criar uma dieta comum.

Isso afeta ainda mais a aparência física. Normalmente, os homens tendem a ter uma dieta mais calórica e forte. Isso, inevitavelmente, influencia os hábitos alimentares da mulher, que vê aumentada a quantidade de ingestão de alimentos.

amar engorda

2- Amor a dois e discussões

Contudo, dentro de um relacionamento nem sempre há períodos calmos. É normal que surjam crises e conflitos que geram períodos de ansiedade. Quando experienciamos maior nervosismo, tendemos a consumir mais comida. De fato, 51% das pessoas tendem a aumentar o consumo de alimentos doces durante uma crise de casal.

3- Gravidez

O aumento de peso é algo natural numa gravidez. É um momento chave na vida dos futuros pais. Mais uma vez, ocorre uma mudança de prioridades, desta vez mais vigorosa, colocando o bem-estar da criança antes da aparência do nosso próprio corpo, é normal renunciar à prática de exercício físico ou à dieta. O objetivo principal é que o bebé nasça o mais saudável possível.

Além disso, 92% do público considera que a manutenção de um peso ideal e saudável não deve depender da fase do nosso relacionamento. Algo que faz muito sentido, especialmente para a nossa saúde física. É melhor consultar os números da nossa balança pelo menos uma vez por mês 🙂