mulher

Grite bem alto! Eu sou mulher!

A ideia de assinalar um Dia Internacional da Mulher surgiu no final do século XIX. Num mundo já industrializado e num período de crescimento, houve também espaço para acolher o surgimento de novas ideologias.

O feminismo surgiu devido a uma situação de clara desigualdade e abusos contra as mulheres, simplesmente por questões de género. Naquela época havia um grande número de mulheres exploradas e totalmente desamparadas, sem qualquer lei que as protegesse.

Quando surge este dia?

8 de março de 1857

Foi quando um grupo de mulheres que trabalhava na indústria têxtil de Nova Iorque decidiu juntar-se e organizar em conjunto um manifesto. As suas principais reivindicações eram o aumento dos salários (que na época eram abusivamente baixos) e a melhoria das condições de trabalho, incluindo o fim da exploração infantil. No entanto, a reação das forças de segurança do país foi parar estas manifestantes. Apenas dois anos depois, essas mulheres uniram-se para criar o seu próprio sindicato, com o objetivo de conquistar direitos laborais básicos.

8 de março de 1908

Cinco décadas depois, em 1908, o número aumentou significativamente. Agora, havia mais de 15.000 mulheres nas ruas de Nova Iorque. Neste caso, elas também incluíram o direito ao voto nas suas reivindicações. O slogan que usavam era «Pão e Rosas», o pão simbolizava garantias económicas e as rosas um aumento na qualidade de vida.

mulher

8 de março de 1911

Apenas dois anos mais tarde, Copenhaga acolheu a primeira conferência internacional na Europa entre organizações socialistas, composta por 100 mulheres de 17 países diferentes. Nesta conferência decidiu-se escolher um dia dedicado às mulheres, de caráter internacional, para comemorar a greve nos Estados Unidos. O objetivo era homenagear o movimento feminista e na conquista do direito de voto. Mais de 1 milhão de pessoas participaram nos comícios realizados em 1911, durante a primeira celebração do Dia da Mulher.

A consolidação do Dia da Mulher

8 de março de 1975

No entanto, foi apenas em 1975 que o mundo inteiro se reuniu para comemorar o Dia Internacional da Mulher pela primeira vez, a 8 de março. Este gesto tornou-se um ponto de união entre mulheres de todos os cantos do mundo. Apesar de estarem separadas por fronteiras, culturas, línguas e razões políticas ou económicas, uniram-se com um único objetivo: comemorar a data. Desde então, o mundo evoluiu significativamente graças à criação de certas redes de colaboração entre as mulheres.

Atualidade

No entanto, ainda há um longo caminho a percorrer. De acordo com o Fórum Económico Mundial, ainda estamos a 170 anos de alcançar a igualdade total de género em todo o mundo. É por isso que é tão importante que a colaboração ocorra especialmente entre as mulheres, para alcançar uma sociedade onde a equidade seja uma realidade. Embora, segundo estimativas, ainda faltem quase dois séculos para que a igualdade se torne uma realidade, não devemos esquecer as nossas conquistas.

Graças à iniciativa e à coragem das mulheres, as gerações futuras podem desfrutar de uma qualidade de vida melhor: isso é impagável. Girl Power! 😉