retenção de liquidos

Retenção de líquidos, mitos e verdades

A retenção de líquidos é um problema muito habitual que nos faz sentir inchados e, no geral, não tem gravidade, apesar de que devemos estar a par do assunto para descartar possíveis problemáticas. Por isso, dizemos-te em que consiste, quais são as formas de preveni-los e os mitos mais difundidos.

O que é a retenção de líquidos?

Consiste num aumento do nosso volume produzido por todos aqueles fluidos que estão presos nos tecidos do nosso corpo. Esta acumulação também conhecida como edema e pode ser patológica e não patológica.

Se é patológica, queremos dizer que pode ter sido causada por problemas de circulação, doença renal ou hepática, ou insuficiência cardíaca congestiva, enquanto que, se não for, são simples veias dilatadas naqueles períodos do ano em que é mais quente. Para descobrir isso, deves consultar um especialista, que irá administrar o tratamento adequado o mais rápido possível, evitando assim possíveis problemas secundários.

Sintomas e causas da retenção de líquidos

Em ambos os casos, sendo patológica ou não patológica, os sintomas podem ser semelhantes, como um inchaço das pernas e tornozelos, ganho de peso, dor abdominal ou diminuição da urina.

Estes podem ser causados ​​por excesso de peso e obesidade, embora especialistas digam que não há relação direta. Se sentir irritação, dor, e até mesmo calor naquelas áreas que estão mais inchadas, é melhor consultar um especialista que possa realizar os testes relevantes e descartar problemas renais ou cardíacos.

retenção de liquidos

Mitos mais habituais na retenção de líquidos

Existem muitos mitos em torno desta questão, dizemos-te o que realmente têm de verdade e falso as habituais declarações:

1- A retenção de líquidos aumenta com a idade e depois da primeira gravidez

Há alguma verdade na medida em que com o passar dos anos temos mais possibilidades de reter líquidos, algo em que a gravidez também influencia. Isto deve-se a aumentarmos a permeabilidade dos nossos capilares sanguíneos, havendo mais probabilidade de se sofrer deste problema.

2- Reter líquidos não é algo normal no organismo

É completamente falso já que o nosso organismo é 70% água, o que faz com que seja habitual reter líquidos. Devemos é, no entanto, ter em conta que se essa retenção acarreta dores e mau estar, devemos consultar um médio porque pode estar relacionado com uma doença.

3- A retenção de líquidos é positiva porque mantém o cabelo firme e a pele hidratada

Estas afirmações juntamente com o poder ajudar a cicatrizar melhor as feridas, não têm nenhum rigor científico e são totalmente falsas.

retenção de liquidos

4- Beber líquidos evita a retenção

É falso, já que nem as bebidas com gás, café ou sumos conseguem eliminar a retenção. É certo que 2 litros de água é fundamental para o bom funcionamento dos nossos rins. No entanto, u No entanto uma ingestão adequada de líquidos, principalmente água, chás de ervas e uma boa alimentação impede um aumento no tecido adiposo e podemos lutar contra a casca de laranja, tão temido por muitas meninas.

Verdades sobre a retenção de líquidos

1- As grandes viagens ajudam à retenção de líquidos

É certo que ficarmos sentados muitas horas com os pés para baixo dá lugar a que se gere pressão nas pernas e ao seu inchaço.

2- Alguns medicamentos favorecem a retenção de líquidos

Esta afirmação é verdadeira, já que os destinados a reduzir a pressão arterial podem causar edema.

3- Fumar e os alimentos com sódio também promovem os líquidos no organismo

Ambos os casos são verdadeiros, a nicotina influencia a permeabilidade capital produzindo retenção no caso do sal, o corpo vê-se obrigado a reter água para diluir o sódio e aumenta também a pressão arterial. Por isso, devemos evitar ambos os produtos, para além de que há outras consequências para o organismo.

Em conclusão, a retenção de líquidos é uma condição muito habitual e sem gravidade mas que devemos controlar com o nosso especialista para poder descartar possíveis doenças. Ter bons hábitos saudáveis é essencial para poder combater a retenção de líquidos, ou seja, realizar uma dieta equilibrada e desporto ajudam-te muito a preveni-la.