O que consegues ao doar?

A doação de óvulos tem uma compensação económica para as dadoras. Conhece as vantagens da doação e tudo o que podes conseguir.

DOAR É RECOMPENSADO

A dadora receberá uma compensação económica (como estabelece a lei) para cobrir possíveis incómodos, deslocações ou gastos associados à doação.

Segundo a norma vigente no artigo 22.º - Lei 12/2009, sobre técnicas de Reprodução Humana Assistida- estabelece-se que a doação em todo o caso será voluntária e altruísta. As dadoras poderão receber uma compensação da instituição responsável pela extração pelos custos e inconvenientes resultantes da doação.

REQUISITOS

Entre nós, o processo de doação de óvulos é muito fácil. Se tens entre 18 e 34 anos e gozas de boa condição física e psíquica, podes tornar-te dadora.

Deves tão somente:

  • Ter entre 18-34 anos e boa saúde física.
  • Não ter antecendentes de doenças genéticas na família.

Para confirmar que podes ser dadora, vamos fazer uma revisão médica ginecológica, umas análises de sangue e um estudo psicológico e genético.

TU PODES FAZER A DIFERENÇA

A doação de óvulos é anónima, voluntária e graças à tua solidariedade, muitas mulheres poderão cumprir o seu sonho de serem mães.

A doação é anónima, tal como estabelece a lei, por isso em momento algum a recetora dos ovócitos pode conhecer a identidade da dadora, nem a dadora a da recetora.