Porquê ser dadora de óvulos

Ser dadora de óvulos permite ajudar um conjunto de mulheres que sofrem de esterilidade. Nesta página, podes conhecer os motivos para ser dadora de óvulos e poder ajudar muitas pessoas.

Problemàtica
Doar é recompensado A Lei Portuguesa determina que a doação de óvulos seja um processovoluntário, de carácter benévolo, em que as dadoras são ressarcidas pelas despesas efetuadas ou prejuízos direta e imediatamente resultantes das suas dádivas num valor máximo de 878€ (calculado de acordo com o dobro do Valor do Indexante de Apoios Sociais em vigor) após a dádiva, nos termos fixados pelo Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, de acordo com o previsto no n.º 3 do Despacho 3192/2017, publicado no Diário da República n.º 75, 2.ª Série, de 17 de abril de 2017.

Despacho n.º 3192/2017
Lei n.º 22/2007
Lei n.º 12/2009
Muito próximo de ti
Os problemas de esterilidade são cada vez mais frequentes. É certo que tu também conheces mulheres que se encontram nesta situação e para solucioná-lo recorrem à doação de óvulos. Através da doação de óvulos estarás a ajudar mulheres que sonham ser mães e têm problemas para conceber porque:
  • Os seus ovários não funcionam devido à idade ou por alguma doença que os tenha afetado.
  • Têm doenças genéticas que podem transmitir à sua descendência.
  • Não respondem à medicação ou se conseguem responder à mesma, os seus óvulos não têm a qualidade suficiente para poder manter a gestação.
Entre Nós

Doa os teus óvulos e ajuda outras mulheres que querem ser mães. Ao doar estarás a realizar o ato mais generoso que uma mulher poderá receber em toda a sua vida.

Tu podes fazer a diferença
A doação de óvulos é voluntária e altruísta. Graças à tua solidariedade, muitos casais poderão cumprir o seu sonho de serem pais.
Doar é recompensado
Doar é recompensado

As dadoras de ovúlos têm direito a uma compensação económica de 843€. Este valor destina-se ao reembolso das despesas efectuadas ou dos prejuízos direta e imediatamente resultantes da dádiva, nos termos fixados pelo Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida (CNPMA), de acordo com o previsto no nº3 do Artigo 22 da Lei 12/2009, de 26 de Março e no Despacho nº3192/2017 publicado no Diário da República, 2ª série – Nº75, 17 de Abril de 2017.

Estás em boas mãos

No IVI contamos com mais de 30 anos a realizar as melhores técnicas de procriação medicamente assistida. Somos especialistas e pertencemos ao maior grupo de medicina reprodutiva do mundo. Temos ajudado milhares de mulheres a realizar o seu sonho com a doação de óvulos de mulheres como tu. Como dadora terás gratuitamente uma avaliação ginecológica, análises de sangue, cariótipo e exames de genética. Esta informação será útil no futuro, se decidires ser mãe. Entre os exames que te realizamos encontram-se:
  • Avaliação ginecológica: realizaremos uma avaliação ginecológica com ecografia para avaliar o funcionamento dos teus ovários.
  • Consulta de Psicologia: perguntaremos sobre os teus antecedentes pessoais e familiares, sobre as tuas motivações para o processo, abordamos a tua fase de vida atual e o teu estilo de vida.
  • Serologia: análises de sangue para descartar qualquer infeção sexualmente transmissível.
  • Cariótipo: exame de sangue que mostra qual é o mapa dos teus cromossomas.
  • Análises de Genética: consoante necessidade podemos analisar mais de 600 doenças genéticas.