Pelo Comité Editorial Blog IVI Doa

dadoras de ovulos-portada

As perguntas mais frequentes das dadoras de óvulos

Doa óvulos é um acto voluntário de mulheres que decidem ajudar outras mulheres a serem mães, mas existem muitas dúvidas relativamente ao processo de doação de óvulos entre as jovens que ponderam ser dadoras: em que consiste? Vai doer? Vou poder ter filos no futuro? Quanto tempo dura o tratamento? Vamos responder às principais questões que surgem antes de se tornarem dadoras.

Vamos esclarecer algumas das dúvidas mais frequentes sobre a doação de óvulos

Quem pode ser dadora?

Se tens entre 18 e 33 anos, és saudável física e mentalmente, podes tornar-te dadora.

Em que consiste o tratamento de doação de óvulos?

Após uma primeira entrevista presencial com a nossa equipa médica e da assinatura do consentimento, realizar-se-ão vários exames médicos para confirmar que estás em perfeito estado de saúde e que não te expões a nenhum risco. Nas clínicas IVIDoa preocupamo-nos primeiro com a tua saúde.

dadoras de ovulos

Estes exames, gratuitos, são os seguintes:

  • Cariótipo
  • Análises genéticas
  • Análises ao sangue
  • Ecografia
  • Exame ginecológico

Depois de termos analisado o resultado de todos os exames, virás à Clínica IVI Doa, onde será efectuada a punção folicular. É uma intervenção simples, com sedação, em que se extraem ovócitos e que dura cerca de 20 minutos. Após 2 ou 3 horas, quando a equipa médica confirmar que está tudo bem, a dadora pode voltar à sua rotina.

Depois de todo o tratamento, a equipa médica da IVI Doa vai continuar a seguir-te, para assegurar que te encontras bem e que tudo correu conforme esperado.

Corro algum risco em doar óvulos?

Praticamente não existem riscos. O procedimento é simples, há um acompanhamento personalizado e periódico à dadora, para despistar qualquer risco.

Se doar, vou puder ter filhos no futuro?

Claro que sim, porque doar óvulos não significa que se esgotem ou se acelere a perda de óvulos. Uma mulher nasce com cerca de 500.000 a 1.000.000 óvulos, que vão morrendo com o passar do tempo e com as menstruações. Em cada ciclo normal, vários óvulos começam a crescer, mas no final apenas um alcançará o crescimento suficiente para chegar a ovular. Com o tratamento que as dadoras recebem, faz-se com que vários óvulos alcancem o tamanho adequado, sem afectar o total de óvulos que a mulher possui.

Aproximadamente, quanto tempo dura todo o processo?

Desde a primeira entrevista até à punção, são cerca de 45 dias. Durante esse tempo são realizados os exames e avaliações médicas.

Em que casos os meus óvulos vão ajudar?

Através da doação de óvulos, estarás a ajudar mulheres cujos ovários não funcionam devido à idade, a alguma doença que os afectou, que sofram de doenças genéticas que se transmitem à sua descendência, ou que não respondam a tratamentos de fertilidade, porque os seus óvulos não têm qualidade suficiente para uma gestação.

dadoras de ovulos

Posso manter realções sexuais durante o tratamento de doação de óvulos?

Desde a estimulação ovárica até à nova menstruação depois da punção folicular, não é recomendado manter relações sexuais, devido ao risco de uma gravidez múltipla, ou de uma torsão ovárica.

Posso doar, mesmo que que tome contraceptivos hormonais?

Tomar contraceptivos hormonais não é uma contraindicação, no entanto não os poderás tomar durante o ciclo de tratamento.

Ainda tens dúvidas? Lembra-te que estamos ao dispor para responder a todas as tuas questões nas nossas Clínicas IVI Doa ou através do número 800 787 787.